frittata de queijo de cabra, tomates e cogumelos

Imagem

frittata ou omelete? frittata, lá da itália! una frittata, per favore! 

olha, eu fui fuxicar o google pra descobrir a diferença entre uma omelete e uma frittata pra não dar informação errada pra vocês. a frittata é italiana, leva vários ingredientes e a finalização é no forno. a omelete é francesa, toda feita na frigideira e o recheio entra depois. eu já tentei fazer omelete e vou confessar que o resultado da frittata foi beeem melhor. e sabendo como faz a frittata você pode mais uma vez usar sua imaginação e sua geladeira cheia de restos e preparar um jantar supimpa, saudável e delícia. 

Imagem

ingredientes: 

  • 7 ovos
  • 50g de parmesão ralado (um saquinho)
  • 200g de cogumelo fatiado
  • um punhado generoso de manjericão
  • 8-10 tomates cereja 
  • 8 bolinhas de queijo de cabra
  • sal e pimenta
  • azeite extra virgem

Imagem

como faz: pré-aqueça o forno na temperatura alta. coloque os ovos e metade do queijo em um recipiente, bata bem para misturar clara/gema, tempere com pimenta e sal e reserve. fatie seus cogumelos e corte os tomates em 2 ou 3 partes, dependendo do tamanho. numa frigideira em fogo médio, coloque os cogumelos com 2 colheres de azeite, mexa e deixe por 5 minutos. adicione os tomates, 4 bolinhas de queijo, misture bem e adicione os ovos batidos. misture bem, coloque o manjericão por cima e deixe por uns 8-10 minutos. salpique o resto do queijo parmesão e de cabra e coloque no forno por uns 10 minutos. esse tempo pode variar um pouco dependendo da temperatura do seu forno, fique de olho até que o centro pareça cozido e fique mais douradinho. vai bem sozinho ou com uma salada verde a qualquer hora do dia 🙂

 

Anúncios

cogumelos cremosos com alho-poró e aspargos

Image

tem algumas coisas na cozinha que eu amo muito. cogumelo é uma delas. de todos os tipos, de todas as maneiras. ele é um grande coringa, não consigo pensar em nada que não dê pra fazer com essas coisinhas. e se você pensar bem, ainda dá pra ter ponto, cozinhando ele mais ou menos. yummy.

esse acompanhamento vai com qualquer coisa e é divino. vamos lá!

ingredientes: (serve 6-8)

  • 600g de cogumelos variados (usei shiitake, shimeji e paris)
  • 1  xícara de chá de alho-poró fatiado
  • +/- 200g de aspargos cortados em pedaços de aproximadamente 1cm
  • sal e pimenta moída na hora
  • 2 colheres de sopa de creme de leite fresco
  • 1 cebola pequena picada
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 colher de sopa de noz-moscada moída

Image

como faz: tire os cabinhos dos cogumelos. limpe todos com um pano ou esponja úmida, tirando bem toda sujeira. fatie, pique, faça do jeito que quiser. o tamanho não importa muito aqui. numa panela, coloque a manteiga e a cebola. deixe refogar um pouco e acrescente todo o resto, menos o creme de leite e a noz-moscada. mexa bem, e deixe cozinhando com a tampa fechando em fogo baixo por uns 10-15 minutos. adicione o creme de leite e a noz-moscada, prove e corrija o tempero se necessário. mexa bem e deixe cozinhando por mais uns 5 minutos, ou até achar que todos os ingredientes estão bem cozidos.

eu arriscaria dizer que, além de um belo acompanhamento, ele também faria bonito como um molho de massa, hein. fiquem à vontade pra testar e depois contar aqui!

couscous de couve-flor

Imagem

essa é pros meus amigos vegetarianos. 
pros “em dieta forever and ever”. 
pros que não comem glúten. 
pros que acham que couve-flor não tem gosto de nada. 

vou confessar que eu fiquei muito surpresa com esse couscous de mentirinha. é simplesmente muito bom… e tem quase nada de caloria. fica mais delícia, ainda né? pode repetir, comer todo dia, mudar os ingredientes. vale tudo!

eu passei a couve-flor no processador, mas se você não tem um, pode experimentar passar no ralador. 

Imagem

ingredientes: 

  • uma couve-flor pequena (sem as folhas)
  • mussarela de búfala (+/- 100g)
  • 1 tomate grande picado, sem semente
  • 4/5 palmitos
  • suco de 1 limão
  • 2 colheres de chá de mostarda
  • 2 colheres de chá de semente de erva-doce
  • agrião
  • sal, azeite e pimenta

como faz: coloque a couve-flor já processada em uma panela ou frigideira, com o suco do limão, sal e pimenta. deixe por uns 5 minutos. deixe esfriar e misture com todos os outros ingredientes já picados. prove para corrigir o tempero e sirva. 

 

enroladinho de abobrinha

Imagem

e você resolve fazer aquele convescote, aquele trelelê, aquela “coisinha nada demais lá em casa”. e em algum momento você tem que decidir o que servir pras pessoas, certo? mas sem ser gordo demais, nem caro, nem receita difícil, senão dá preguiça. 

então serve uns enroladinhos de abobrinha muito simpáticos, que tal? e olha que beleza, pelas minhas contas cada um desses tem 2 calorias. brincadeira. umas 15? mas quem se importa?

ingredientes: 

  • duas abobrinhas grandes (rendem aproximadamente 30 enroladinhos)
  • mussarela de búfala
  • tomates cereja
  • manjericão fresco
  • sal e pimenta
  • palitinhos/espetinhos

 Imagem

como faz: tempere a mussarela com sal e reserve. lave bem as abobrinhas. fatie-as com um descascador de legumes ou, se você tem jeito, com uma faca poderosa que você consiga fazer fatias bem fininhas. aqueça uma frigideira larga com um pouco de azeite. tempere a abobrinha com sal e pimenta. coloque as fatias na frigideira (mais ou menos 3 por vez), e dê uma dourada nos dois lados. atenção: a abobrinha vai sugar todo o azeite, cuidado para não queimar nada nem enxarcar com azeite. depois de prontas, espere um pouquinho até que esfriem e você consiga manuseá-las. monte os rolinhos, enrolando a fatia de abobrinha em volta de um pedaço de mussarela, depois passando o palitinho com o tomate  e folhinhas de manjericão espetados. claro que você pode colocar na ordem que quiser, e fazer a combinação que achar melhor. tudo pronto e bom espetinho!

cogumelo recheado

Imagem

faz o seguinte: avisa a todo mundo que você vai servir um prato especial e prepara esses cogumelos. 

eu sou muito suspeita porque adoro cogumelos, de todos os tipos, de todos os jeitos. mas esse prato, preparado em meia hora, é simplesmente delicioso. você também pode rechear com outros ingredientes, como ricota, cottage, ervas… use sua imaginação! essa é uma ótima opção pra servir num almoço especial, mas que você não queira gastar muito tempo na cozinha. talvez você não ache os cogumelos no mercado tradicional, mas em hortifrutis e feiras fica mais fácil. chega de papo. arranja esse cogumelo e vamos lá:

 ingredientes: 

  • 300g de cogumelos paris grandes
  • 100g de queijo de cabra picado
  • 100g de shiitake picado
  • 200ml de vinho tinto
  • 3 dentes de alho picado
  • 5 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 2 punhados de espinafre picado
  • pimenta moída na hora e sal 

como faz: depois de tirar os cabinhos, lave bem os cogumelos. pode ser com uma esponja bem macia ou um pano úmido. numa tigela, misture bem todos os outros ingredientes. prove para corrigir o sal e a pimenta. pré-aqueça o forno em temperatura média. coloque, na mesma travessa que você vai levar ao forno, os cogumelos paris de cabeça pra cima. coloque um fio de azeite em cima de cada um, um pouco de sal e pimenta moída na hora. vire-os de cabeça para baixo, esfregando um pouquinho para espalhar o azeite no fundo da travessa. recheie seus cogumelos com a mistura. para finalizar, você pode colocar um pouquinho de parmesão ralado em cima de cada um. cubra a travessa com papel alumínio e leve ao forno por 15 minutos e pronto!

servi com mignon e a combinação ficou sensacional! essa quantidade serviu 4 pessoas. 

strogonoff de soja

soja3a primeira vez que comi strogonoff de soja foi num restaurante natureba em ipanema, saindo da praia. e depois eu virei a maníaca do strogonoff pós-praia, queria ir lá sempre. como não é todo dia que eu vou à praia, muito menos à ipanema, resolvi aprender a fazer sozinha, e agora eu tenho strogonoff de soja sempre que eu quero. eu sei que muitas pessoas não curtem soja mas, se bem preparada, ela fica bem gostosa. o segredo é saber temperar a soja!

ingredientes:

  • proteína de soja texturizada em pedaços – +/-100g
  • 200g de champignon
  • 200g de creme de leite
  • 300g de molho de tomate
  • 2 colheres de sopa de katchup
  • 2 colheres de sopa de molho inglês
  • 1 cebola pequena
  • 5 dentes de alho
  • sal e pimenta

soja4

como faz: primeiro de tudo: coloque a soja para hidratar. se você nunca fez isso antes: é só colocar a soja em um recipiente com água filtrada e deixar por uns 30 minutos. muito importante: a soja incha quando hidratada, então não se engane pela quantidade de quando está seca, depois de hidratada ela vai dobrar de volume. em uma panela, coloque a cebola e o alho para refogar. enquanto refoga, escorra e seque bem a soja. você pode secar a soja espremendo bem com um papel toalha e tirando toda a água. isso faz com que ela não fique esponjosa e nem comece a aguar dentro da panela. adicione a soja à panela junto com o champignon, tempere com sal e pimenta, misture tudo e deixe por uns 5 minutos. depois coloque todos os outros ingredientes (se você gosta de strogonoff mais branquinho, use menos molho de tomte), misture tudo, prove para ver se precisa de mais sal e deixe cozinhar em fogo médio por mais uns 10 minutinhos. pronto, agora é só servir do jeito que você quiser! essa receita serve umas 4 pessoas.