salada no pote

Imagem

a tal da salada no pote tá aí, tem um monte de gente falando dela. salada no pote não conta como receita. conta como compartilhamento de experiência. eu tenho um pouco de preguiça dessas “ondas” de receitas e ingredientes, porque pra acompanhar tudo haja paciência, tempo e dinheiro. mas eu resolvi testar a salada no pote, e confesso que fiquei muito satisfeita com o resultado. achei uma coisa bem esperta, sabe? durante anos eu levei minhas saladinhas de lá pra cá num tupperware, e se você já fez isso você sabe que a chance de você abrir o tupperware e tudo estar feio e misturado e bagunçado é enorme! o que acontece com o pote de vidro é que ele conserva super bem a comida e você consegue organizar os ingredientes de forma que eles não se misturem.

a ordem indicada é: 1. molho no fundo. 2. ingredientes que possam misturar com o molho (mais sólidos, digamos assim), como milho, tomate cereja, pepino, cebola etc. 3. queijos, grãos, tomate, massa etc. 4. folhas. a lógica é manter mais pro fundo o que pode ficar em contato com o molho sem estragar, desmanchar ou murchar. mole, né?

dito isso, divirta-se! junte seus ingredientes favoritos, coloque no potito e coma bem! também vale deixar o potinho pronto pra jantar durante a semana na geladeira. essa da foto tem: azeite, vinagre balsâmico, champignon, tomate cereja, mini milho, queijo de cabra, palmito, atum, broto de alfafa, chicória e agrião. eu sei que parece uma merreca, mas quando você coloca no prato vira uma montanha de comida 🙂 

Anúncios