filé de porco com molho de mostarda

Imagem

eu sou super defensora da carne de porco. ainda existem alguns mitos em volta do coitado do porco, claro, mas a sua carne é uma opção saudável e, dependendo do corte, bem magrinha. é claro que isso não vale se você quiser encher a cara de torresmo, ok? essa receita foi preparada com o filet mignon suíno, mas o lombo é uma opção ainda menos calórica.

bem, sem delongas. essa receita é super fácil e rápida. dá uma chance pro porco, vai 🙂

Imagem

ingredientes: 

  • 1kg de filet mignon suíno – usei o congelado. mas você também pode pedir ao seu açougueiro que faça o mesmo corte.
  • 2 colheres de sopa de molho de mostarda em grão
  • 1 ramo grande de tomilho
  • 200ml de cerveja
  • sal e pimenta
  • suco de dois limões
  • azeite extra-virgem

filet-suino-molho-mostarda-cerveja-3

como faz: ligue o forno. tempere o porco com sal e pimenta e reserve. enquanto isso, prepare o molho de mostarda. junte em um recipiente a mostarda, as folhas do tomilho, suco de meio limão, sal e pimenta, e duas colheres de sopa de azeite. misture bem, amassando tudo. coloque uma frigideira em fogo alto com um pouco de azeite no fundo. quando estiver bem quente, coloque o porco e deixe cada lado por uns dois minutos, apenas para selar. em uma travessa coloque o porco e cubra o fundo com a cerveja e o resto de suco de limão. passe a mistura em cima do porco e leve ao forno por 30 minutos. retire do forno e enquanto a carne descansa prepare o molho. é só colocar em uma panela em fogo baixo com uma colher de farinha de trigo e mexer sem parar até a mistura engrossar. fatie o porco e sirva! 🙂

 

Anúncios

noodles com filé de porco

Imagem

outro dia eu estava vendo o programa do emeril, que ele faz dentro do whole foods. aliás, o site do whole foods é ótima fonte de receitas. enfim. no programa ele resolve problemas de pessoas que não sabem cozinhar ou coisa parecida. nesse episódio ele fez cinco receitas usando o mesmo filé de porco como base. umas tinham um tchananam asiático, e uma delas era uma salada oriental com o porco por cima. yummy.

então eu tive uns convidados esses dias para um jantar no meio da semana e resolvi servir esse noodles com porco. acho que também funcionaria muito bem com frutos do mar ou apenas camarão, fica a ideia para uma próxima vez. mas eu sou uma defensora da carne de porco. nutritiva e magra, é uma carne que aceita bem tanto diferentes temperos quanto diferentes tipos de cozimento, além de normalmente ter um bom preço. sim, essa receita leva muitos ingredientes, mas vale a pena, confia! de entrada eu servi o guioza. os ingredientes mais específicos eu comprei na mei jo.

Imagem

ingredientes (para 4 pessoas):

  • 500g de filé mignon de porco
  • 200g de noodles
  • 5 ovos
  • 200g de shiitake
  • 100g de nirá (+/- uma xícara de chá)
  • 1 cebola roxa pequena
  • 1 cenoura pequena ralada
  • 4 dentes de alho moídos
  • 1 pimenta dedo-de-moça
  • 1 pedaço de gengibre ralado (um pedaço de uns 4/5cm)
  • 200g de broto de feijão (moyashi)
  • 5 especiarias / 5 spices (pronto, em pó)
  • 2 colheres de sopa de óleo de gergelim torrado
  • 1 xícara de chá de caldo de peixe
  • 4 colheres de sopa de molho de ostra
  • suco de meio limão
  • pimenta moída na hora
  • cheiro verde para decorar

Imagem

como faz: coloque uma panela com água para ferver. corte o mignon de porco em fatias de 1,5cm aproximadamente. corte as fatias na diagonal. tempere o porco com pimenta noída na hora e as cinco especiarias. para meio quilo de porco eu usei umas 3/4 colheres de chá. misture bem e reserve.  fatie ou a cebola, o shiitake, a pimenta, o nirá. em uma frigideira antiaderente grande (melhor ainda se você tiver uma wok), coloque a cebola e o alho com um fio de azeite ou óleo de girassol. deixe por uns 2 minutos, depois adicione o gengibre e a pimenta, mexa e deixe por mais uns 2/3 minutos. coloque a massa na água fervente e escorra depois de uns 5 minutos (dependendo do tipo de noodle você vai precisar de mais tempo, veja na embalagem). adicione e misture o shiitake, o nirá e o moyashi e deixe por mais uns 5 minutos, ou até estarem macios. coloque outra frigideira em fogo alto com azeite. na primeira frigideira, adicione os ovos e, com eles ainda crus, adicione a massa e misture bem. coloque o caldo de peixe, o limão e o molho de ostra, misture e deixe em fogo médio enquanto prepara o porco. na frigideira bem quente, frite os filezinhos de porco por uns 3 minutos. pronto, agora é só montar o prato! coloque a massa, os filés por cima e decore com cheiro verde picado. bom apetite e depois me conta como ficou?

lasanha de abobrinha

Imagem

eu sei que agora tá rolando um alvoroço do tal macarrão de abobrinha. que aliás quando eu ouvi isso da primeira vez achei que a massa fosse feita de abobrinha e achei o máximo. mas não é isso. eu ainda não testei a abobrinha fatiada em forma de massa e cozida, mas eu gosto muito dessa receita com a abobrinha fatiada substituindo a massa da lasanha. eu sei, isso pode parecer estranho. mas eu tô pra ver um legume tão versátil quanto a abobrinha (a abóbora, talvez, mas nesse blog não trabalhamos com abóbora). depois de cozida, ela fica macia como uma massa comum, e vamos combinar que o gosto da lasanha está no recheio e não na massa, certo??

então abre essa cabeça, não faz cara feia e testa. dá uma chance. pensa que você vai comer uma lasanha delícia economizando bastante calorias. 

Imagem

ingredientes: 

  • uma abobrinha grande (de preferência grande e gorda)
  • 100g de de champignon
  • uma lata de tomate pelado
  • 4 tomates
  • 500g de carne moída
  • uma cebola média
  • 5 dentes de alho
  • 1 colher de café de noz-moscada em pó
  • mussarela fatiada (ou mussarela de búfala) – umas 8-10 fatias
  • sal e pimenta a gosto

como faz: em uma panela, refogue a cebola picada e o alho espremido. adicione a carne moída, mexa um pouco até ela perder toda a cor rosada. tempere com sal e pimenta. adicione o champignon, os tomates picados e o tomate pelado. em fogo baixo, deixe cozinhar por aproximadamente 50 minutos, sempre mexendo de 10 em 10 e cuidando para não grudar no fundo da panela. enquanto isso, fatie a abobrinha com um fatiador ou descascador de legumes. nos últimos 10 minutos, adicione a noz-moscada. prove e corrija o tempero se necessário. para montar a lasanha: em uma travessa, regue o fundo com um pouco de azeite, apenas o suficiente para a abobrinha não grudar. faça uma camada de abobrinha, depois outra de carne – eu gosto de tirar a carne da panela com uma escumadeira, descartando o excesso de molho, porque a abobrinha já vai produzir algum caldo enquanto cozinha, uma de mussarela, de novo de abobrinha e assim por diante. cubra a travessa com papel alumínio e leve ao forno médio pré-aquecido por 30 minutos. retire o papel e salpique um pouco de queijo ralado ou pedacinhos de mussarela por cima e deixe gratinar por mais 15 minutos. você pode substituir a mussarela por mussarela de búfala se preferir. essa receita serve 4 pessoas aproximadamente. 

lombinho recheado com farofa

Image

eu não curto muito comidas natalinas tradicionais. por isso eu tive essa ideia de fazer uma mini pesquisa e descobrir o que as pessoas gostariam de ver aqui como sugestão de receita pro fim do ano. as três opções (pato assado, arroz de bacalhau e lombinho recheado com farofa) são pratos mais especiais ou comemorativos. não é todo dia que você vai esperar 3-4h pra assar um pato, certo? e eu achava muito que o pato ia ganhar. porque eu adoro pato, e já tinha inclusive pensado na receita de lasanha com o resto do pato desfiado. mas vocês me surpreenderam e a receita mais votada foi a de lombinho recheado com farofa. tudo bem, o pato fica pra próxima!

essa ideia do lombinho veio da receita da porchetta, que vou colocar aqui em breve, que é um lombo de porco recheado e assado com o toucinho. como não é fácil achar o porco assim, adaptei pra versão mais “simples”, recheado com uma farofinha de bacon. claro que você pode rechear com o que você quiser. eu esqueci (me desculpem!) de filmar o corte do lombinho. mas achei esse video que mostra como cortar o lombinho em manta (é assim que chama, meio em forma de rocambole). se você não tem um açougueiro, faça o corte em casa mesmo.

Imagesobre as medidas: depende de quantas pessoas você vai alimentar. essa receita é para uma peça de aproximadamente 1,5kg, que alimenta umas 6 pessoas. então vamos ao que interessa:

ingredientes: 

  • uma peça de lombinho de porco cortada em manta
  • sal, pimenta moída na hora e azeite extra-virgem
  • 1 ramo de tomilho
  • cerveja – usei uma escura, long neck
  • 1 cabeça de alho
  • 100g de manteiga
  • suco de um limão
  • barbante

para a farofa:

  • 5 dentes de alho
  • 100g de bacon cortado em cubinhos
  • 150g de manteiga
  • 500g de farinha de mandioca
  • 1 ramo de cheiro verde

Image

Image

como faz: com o lombinho “fechado”, faça alguns cortes em cima, com uns 3cm de distância entre um e outro. reserve. numa panela antianderente, prepare a farofa. frite o alho com o bacon, depois adicione a farinha de mandioca, misture bem. abra um buraco ou espaço até que consiga ver o fundo da panela. aí coloque mais manteiga para derreter, adicione o cheiro verde picadinho, misture bem e deixe a farofa dourar mais um pouco. isso serve pra farofa ficar bem molhadinha!

Image

abra o lombinho. pegue um pedaço de manteiga e “unte” essa parte interna aberta. depois tempere com sal e pimenta e esfregue bem. coloque a farofa. agora enrole o lombinho como um rocambole e amarre com o barbante. coloque a peça na assadeira. tempere a parte de cima também com sal e pimenta e esfregue. coloque as fatias de bacon por cima do lombinho e regue com azeite. na travessa, distribua os dentes de alho sem casca, o tomilho, cubos de manteiga e coloque a cerveja e o suco do limão. forre com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido por 45 minutos. retire o papel e deixe por mais 15 minutos para dourar. depois de tirar a assadeira do forno, retira e peça de carne e coloque numa travessa. despeje todo o molho que ficou na assadeira em uma panela. em fogo baixo, adicione uma colher de sopa de amido de milho ou farinha de trigo diluído em um dedinho de água e continue mexendo até o molho engrossar. sirva à parte. aproveite o prato com a melhor companhia que puder 🙂

mignon em ervas

Imagem

vamos dar uma guaribada nessa carne? uma atenção, um carinho, um tchananan. prometo que vai ser muito simples e o resultado vai ser muito muito bom. vai ser uoouuu!

ingredientes:

  • 1 cheiro verde
  • 2/3 ramos de tomilho
  • algumas folhas de sálvia
  • 1 ramo de alecrim
  • 3 ou 4 dentes de alho moído
  • +/- 200ml de azeite extra virgem
  • sal e pimenta moída na hora
  • 700g de filet mignon (ou a carne que você quiser) – serve 3 pessoas

como faz: pique todas as ervas. ou se quiser você também passe pelo processador. misture tudo e coloque em um recipiente onde caiba tudo, inclusive seus bifes. eu gosto de cortar o filet em bifes mais altos, de uns 3cm. prove para corrigir o sal. deixe marinando por uns 30 minutos. depois frite os bifes, dois ou três por vez, em fogo bem alto, uns 3 minutos de cada lado. para não deixar que os bifes esfriem, cubra os que forem ficando pronto com um pedaço de papel alumínio. sirva ainda bem quente, com o acompanhamento que quiser.

guioza

Imagem

eu sou apaixonada por esses pasteizinhos, acho a combinacão de sabores perfeita. como eu já disse em outro post, eu adoro comida oriental então volta e meia vai ter alguma receita aqui.
você vai precisar de um pouco (só um pouco!) de paciência pra comprar os ingredientes, mas vale muito a pena. eu comprei a massa pronta, e um pacotinho que rende 20 guiozas custou menos de R$3. diz se não vale a pena? lá embaixo vou colocar alguns links de lojas de produtos orientais no rio. se alguém conhecer mais alguma pode deixar nos comentários 🙂 o molho de gergelim é bem fácil de achar, e custa em torno de R$13 o frasco pequeno. como rende muito muito, acho bem válido ter na despensa. se você tiver aquelas panelas de bambu, lindo. se não, use o escorredor de massa acoplado na panela, ou qualquer outro acessório que você use para fazer comida no vapor.

então sem mais delongas, vamos ao que interessa:

ingredientes: (para 20 guiozas)

  • 300g de lombo de porco moído ou muito bem picado
  • um pedaço de aproximadamente 4cm de gengibre ralado
  • 3 colheres de sopa de shoyu
  • 3 colheres de sopa de molho de gergelim torrado
  • 3 dentes de alho
  • 100g de broto de feijão (moyashi)
  • sal a gosto
  • um punhado de cebolinha picada

para o molho: 

duas partes de shoyu para uma parte de molho de gergelim. é só misturar bem. Imagem

como faz: em um recipiente, misture bem todos os ingredientes. em um pote pequeno, coloque um pouco de água e deixe por perto. coloque no fogo uma panela grande com uns 2 litros de água para ferver e acople o escorredor. agora é hora de montar os guiozas. com uma mão abra a massa e com a outra coloque o recheio no meio, aproximadamente uma colher de sobremesa cheia. molhe um pouco os dedos e passe na borda da massa. isso vai fazer com que a massa grude. não se preocupe se o guioza ficar gordinho demais, porque na hora de cozinhar a carne vai diminuir de tamanho. feche e faça o acabamento, molhando um pouco mais os dedos e fazendo pequenas ondas com as bordas. quando a água estiver fervendo, coloque delicadamente os guiozas no escorredor, quantos couberem por vez, e tampe a panela. deixe por aproximadamente 10/12 minutos, enquanto você prepara o molho. retire os guiozas prontos e coloque uma nova leva. sirva bem quentinho!

lista de lojinhas de produtos orientais abaixo onde você pode tentar achar a massa pronta:
casa vitana
japa store
loja de produtos orientais no flamengo (pertinho do restaurante broz)
casa fuji

bolinho de carne assada

bolinhodecarneassada2

roubei umas fatias de carne assada da panela e fiz esses bolinhos.

bolinho é comida conforto, né? só de ouvir eu já penso naquela bolotinha singela, mas que faz feliz toda vida. então aí vai a receita do bolinho pra você testar:

ingredientes:

  • umas 9 fatias de carne assada
  • 2 fatias de pão de forma sem a casca (qualquer pão)
  • 1 ovo grande ou 2 pequenos
  • meia cebola roxa picada bem pequenininho (ou triturada)
  • 1 colher de chá de noz-moscada
  • 5 dentes de alho
  • raspa de um limão

como faz: pique/desfie bem as fatias de carne assada, e depois esfarele as fatias de pão. o ideal é que a proporção seja uns 2/3 de carne para 1/3 do resto dos ingredientes. em uma tigela, coloque todos os ingredientes e misture muito bem, de preferência com as mãos, amassando bastante e formando uma massa uniforme. depois faça pequenos bolinhos, mais ou menos do tamanho de pequenos hamburgers, mas altinhos. aqueça a frigideira com um fio de azeite e frite os bolinhos, aproximadamente 3 minutos de cada lado. o ideal é fritar 4 por vez. servi com molho de tomate, mas você pode até usá-los como um recheio diferente de sanduíche!